Qual é o Valor do Auxílio-Doença em 2020?

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Valor do Auxílio-Doença em 2020

O auxílio-doença é um benefício previdenciário concedido a muitos segurados que por motivo de doença ou acidente precisam se afastar de suas atividades laborais. 

Após a Reforma da Previdência, como houve mudança em muitos benefícios, observamos que os segurados estão com muitas dúvidas sobre as atuais regras para o auxílio-doença, principalmente sobre o valor deste benefício.

Hoje vamos repassar as principais condições de concessão deste importante benefício e conferir a regra para o cálculo deste benefício de forma atualizada para que os segurados conheçam os seus direitos.

Se você também tem dúvidas sobre este tema, continue conosco na leitura deste conteúdo.

Regras para a concessão do benefício

As regras para a concessão deste benefício continuam as mesmas, não houve alteração pela reforma.

É necessário que o segurado tenha sofrido uma incapacidade temporária fruto de um acidente ou doença que o impeça de exercer suas atividades laborais.

Nos casos em que o acidente ou doença for proveniente de suas atividades laborais o benefício é qualificado como auxílio-doença acidentário e após o retorno do colaborador às atividades será garantida estabilidade de 12 meses.

Quando o acidente ou doença que gerou a incapacidade não tiver relação com o trabalho o benefício é qualificado como auxílio-doença previdenciário e não gera estabilidade.

Como é feito o cálculo do Auxílio Doença após a Reforma da Previdência?

Para todos os segurados que requereram o benefício após a reforma, ou seja, a partir do dia 13/11/2019, o cálculo sofreu uma alteração.

Pela nova forma de cálculo será necessário somar todos os seus salários de contribuição desde julho de 1994 até o mês em que você solicitou o benefício. 

Feito este cálculo agora deverá ser feita a média aritmética simples, ou seja, tomar todos esses salários de contribuição e dividir pela quantidade de contribuições. O resultado deste cálculo se chama salário de benefício.

Pois bem, com o resultado do seu salário de benefício em mãos você aplicará o percentual de 91%, que será o valor do seu benefício.

Ou seja, o valor do benefício, em resumo, é 91% do salário de benefício.

A mudança trazida pela reforma, não alterou a regra do auxílio-doença, propriamente. O que mudou foi a forma de cálculo do salário de benefício. 

O salário de benefício é a base utilizada para a maioria dos benefícios concedidos pelo INSS e como a forma de cálculo foi alterada a maioria dos benefício, por consequência sofreu alterações. 

No entanto, a alíquota de 91% foi mantida pela reforma.

Gostou deste conteúdo? Acesse o site da Advocacia Rodrigo Moura para saber mais sobre direito previdenciário e conversar com um advogado especializado.

Sobre nós

Fundado em 2009, a Advocacia Rodrigo Moura construiu com sua dedicação uma ótima reputação no âmbito do direito, atendendo os clientes e ajudando em suas necessidades e oferecendo assessoria completa durante o período de processo.

Últimas Postagens

Siga nos

Fale conosco

DEIXE NOS TE AUXILIAR, PREENCHA O FORMULÁRIO ABAIXO E RECEBA AJUDA PROFISSIONAL

Precisa de auxílio profissional?

Conte com nossos profissionais.

Bem Vindo(a)! 

Continuamos atendendo com horário marcado.

Deixe seus dados e entraremos em contato: