Posso acumular mais de um benefício do INSS?

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Acumular mais de um benefício

Acumular benefícios significa receber mais de um benefício do INSS ao mesmo tempo. 

Já adiantamos que o INSS permite que o segurado receba mais de um benefício, a questão é que existem regras para esse acúmulo de benefícios e o segurado precisa ficar atento para identificar quando isso será possível.

Quer conhecer essas regras? Continue a leitura deste artigo e conheça os seus direitos.

Quais benefícios podem ser acumulados?

Vamos conferir em quais casos os benefícios podem ser recebidos em conjunto.

  • Pensão por morte do cônjuge ou companheiro de um regime de previdência social E pensão por morte concedida por outro regime;

Esse é o caso do beneficiário que recebia, por exemplo, uma aposentadoria pelo INSS e outra pelo Regime próprio da União, Estado ou Município. Quando este falece, seu dependente poderá receber tanto a pensão por morte do INSS quanto a pensão por morte do regime próprio de previdência.

  • Pensão por morte do cônjuge ou companheiro de um regime de previdência social E pensões decorrentes de atividades militares descritas nos artigos 42 e 142 da Constituição;
  • Pensão por morte do cônjuge ou companheiro de um regime de previdência social E aposentadoria concedida dentro do Regime Geral da Previdência Social ou Regime Próprio;

Este caso exemplifica a situação na qual o segurado mesmo quando se aposenta e ainda poderá continuar recebendo a pensão por morte.

  • Pensão por morte do cônjuge ou companheiro de um regime de previdência social E benefícios da inatividade no exercício militar descritos nos artigos 42 e 142 da Constituição;
  • Pensões decorrentes das atividades militares (artigos 42 e 142 da Constituição) associadas à aposentadoria concedida dentro do Regime Geral da Previdência Social ou Regime Próprio;

Outro ponto importante para quem recebe mais de um benefício é entender que os benefícios nem sempre serão pagos na sua integralidade. Confira!

Forma de pagamento dos benefícios

O beneficiário que recebe mais de um benefício receberá o valor integral do benefício mais vantajoso, porém apenas uma parte do benefício menos vantajoso.

A regra para o pagamento do benefício menos vantajoso será a seguinte:

  • 60% do valor que exceder 1 salário mínimo até 2 salários mínimos;
  • 40% do valor que exceder 2 salários mínimos até 3 salários mínimos;
  • 20% do valor que exceder 3 salários mínimos até 4 salários mínimos; e
  • 10% do valor que exceder 4 salários mínimos.

Observando essa regra, vemos que serão atingidos apenas aqueles cujo benefício MENOS vantajoso ultrapasse o valor de 1 salário mínimo.

Gostou deste conteúdo? Acesse o site da Advocacia Rodrigo Moura para saber mais sobre direito previdenciário e conversar com um advogado especializado.

Sobre nós

Fundado em 2009, a Advocacia Rodrigo Moura construiu com sua dedicação uma ótima reputação no âmbito do direito, atendendo os clientes e ajudando em suas necessidades e oferecendo assessoria completa durante o período de processo.

Últimas Postagens

Siga nos

Fale conosco

DEIXE NOS TE AUXILIAR, PREENCHA O FORMULÁRIO ABAIXO E RECEBA AJUDA PROFISSIONAL

Precisa de auxílio profissional?

Conte com nossos profissionais.

Bem Vindo(a)! 

Continuamos atendendo com horário marcado.

Deixe seus dados e entraremos em contato: