BENEFÍCIO DO INSS NEGADO: saiba os motivos e o que fazer

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Como comprovar contribuições junto ao INSS

O seu benefício foi negado e você não sabe o motivo ou o que fazer? Neste post você verá os motivos mais recorrentes para o INSS negar o seu benefício e o que você pode fazer para resolver este problema!

Nos acompanhe neste artigo e conheça os seus direitos.

Caso esteja passando por alguma das situações que citaremos ao longo deste artigo, busque o auxílio de um Advogado Previdenciário para analisar o seu caso concreto e lhe auxiliar a alcançar os seus direitos.

Motivos para o INSS negar o seu benefício

Vamos pontuar os motivos mais recorrentes pelos quais o INSS nega os benefícios hoje.

Vamos explicar no próximo tópico que em alguns casos o INSS nega o benefício de forma indevida, nesse caso há o que o segurado possa fazer além de recorrer da decisão. Mas sobre isso veremos mais adiante. 

Agora veremos os motivos pelos quais o INSS nega o seu benefício e você pode tomar providências para reparar este erro e ter o benefício concedido. 

Vamos lá!

  • Tempo de contribuição insuficiente;
  • Falta de documentos;
  • Atividade especial não reconhecida;
  • Falta de comprovação da atividade rural/pesca;
  • Autônomo com tempo insuficiente de contribuição (deixou de contribuir um período).

O que acarreta em todos esses erros é a falta de analise antes de entrar com o pedido de aposentadoria/benefício previdenciário.

Além disso, benefícios mais criteriosos quanto a documentos precisam ser seguidos à risca, como os benefícios por incapacidade, atividade rural e afins que podem exigir mais documentos que o normal.

Por isso sempre recomendamos o planejamento previdenciário antes de requerer a aposentadoria. 

Clicando aqui você terá acesso ao nosso blog, onde postamos diversos matérias sobre quais documentações se deve apresentar em cada benefício e qual o tempo de contribuição necessário para ter direito aos benefícios previdenciários.

O que fazer se o meu benefício foi negado?

Esta é a dúvida de muitos segurados e cada caso deve ser avaliado de forma individual.

Se o seu benefício foi negado por um dos motivos acima, você precisará sanar o problema e solicitar o benefício novamente ou apresentar a solução no prazo estipulado pelo INSS.

Caso tenha dificuldades em obter documentação, fazer a contagem do tempo de contribuição ou qualquer uma das situações que já citamos anteriormente, busque o auxilio de um Advogado Previdenciário.

Agora, existem outros casos em que mesmo possuindo o direito, o INSS nega o benefício do segurado. Infelizmente existem casos e não são poucos.

Para esses casos existem duas formas de buscar os seus direitos.

A primeira é entrando com um recurso administrativo no próprio INSS. Este recurso irá pontuar todas as razões legais pelas quais o seu benefício deve ser concedido e o INSS irá analisar novamente a sua solicitação.

É imprescindível a atuação de um advogado neste recurso para defender os seus direitos de acordo com os fundamentos legais.

Caso o seu recurso seja indeferido pelo INSS há, ainda, outra forma de obter o seu benefício.

A outra forma é ingressando com um Processo Judicial. 

Através de uma ação na justiça um terceiro imparcial, ou seja, o juiz irá analisar a sua solicitação e irá julgar o processo.

Dentro do processo judicial existe uma liberdade probatória maior, ou seja, é permitido utilizar mais meios de prova, que traz uma liberdade maior para que o segurado comprove o seu direito.

Gostou deste conteúdo? Acesse o site da Advocacia Rodrigo Moura para saber mais sobre direito previdenciário e conversar com um advogado especializado.

Sobre nós

Fundado em 2009, a Advocacia Rodrigo Moura construiu com sua dedicação uma ótima reputação no âmbito do direito, atendendo os clientes e ajudando em suas necessidades e oferecendo assessoria completa durante o período de processo.

Últimas Postagens

Siga nos

Fale conosco

DEIXE NOS TE AUXILIAR, PREENCHA O FORMULÁRIO ABAIXO E RECEBA AJUDA PROFISSIONAL

Precisa de auxílio profissional?

Conte com nossos profissionais.

Bem Vindo(a)! 

Continuamos atendendo com horário marcado.

Deixe seus dados e entraremos em contato: