MP 927/2020 Medidas adotadas pelo Governo para os trabalhadores diante do Coronavírus

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
medidas governo coronavirus

O Governo Federal editou a medida provisória nº 936/20, com o intuito de dar um alívio para empregado e empregador diante da crise provocada pelo Coronavírus. 

A Medida traz alternativas de como proceder nestes tempos de pandemia para amenizar os impactos do desemprego e da instabilidade econômica.

Vamos conferir quais são as medidas tomadas pelo Governo através da MP 936/20:

Redução proporcional de jornada de trabalho e do salário

O prazo máximo para a medida é de 90 dias e deve ser preservado o salário-hora trabalhado.

Essa redução de salário e jornada poderá ocorrer nas proporções de: 25%, 50%, 75%.

Existe, ainda, a possibilidade da fixação de novos percentuais por meio de acordo/convenção coletiva.

O empregador poderá dar uma ajuda de custo quando houver redução salarial e essa medida terá natureza indenizatória. Isso quer dizer que esses valores não são computados para o cálculo de verbas trabalhistas, como contribuições previdenciárias, FGTS e INSS.

Estabilidade

Outro ponto muito importante dessa medida é que o empregado com salário/jornada reduzido terá estabilidade de emprego.

A estabilidade terá a mesma duração da redução salarial. Desta forma, se a redução durou 2 meses, após cessada a suspensão inicia a estabilidade, também de dois meses.

Durante a estabilidade é permitida a demissão apenas por justa causa.

Pagamento

O pagamento começa a ocorrer após 30 dias a contar da data de celebração do acordo.

A parte do salário que foi proporcionalmente reduzida será paga pelo governo federal, porém no valor proporcional correspondente ao Seguro Desemprego.

Quem possuir dois empregos poderá receber o benefício referente aos dois empregos.

Suspensão do contrato de trabalho

Além da redução do contrato, há, ainda, a possibilidade de suspender completamente o contrato por 60 dias.

Nesse período não haverá pagamento de salários por parte do empregador e o empregado receberá do Governo Federal o valor correspondente ao Seguro Desemprego.

Aqui também há a garantia de estabilidade pelo mesmo período de suspensão e a estabilidade também não contempla a demissão por justa causa.

Essas são medidas importantes adotadas pelo Governo Federal para evitar danos maiores aos trabalhadores. Infelizmente muitos empregadores não têm o conhecimento dessas medidas.

O ideal é que o máximo de pessoas conheçam esses direitos para que menos brasileiros percam seus empregos.

Em caso de dúvidas sobre as novas regras para redução e suspensão do contrato, empregado e empregador podem buscar a orientação de um Advogado para entender como colocar em prática esses direitos.

Gostou deste conteúdo? Acesse o site da Advocacia Rodrigo Moura para saber mais sobre direito previdenciário e conversar com um advogado especializado.

Sobre nós

Fundado em 2009, a Advocacia Rodrigo Moura construiu com sua dedicação uma ótima reputação no âmbito do direito, atendendo os clientes e ajudando em suas necessidades e oferecendo assessoria completa durante o período de processo.

Últimas Postagens

Siga nos

Fale conosco

DEIXE NOS TE AUXILIAR, PREENCHA O FORMULÁRIO ABAIXO E RECEBA AJUDA PROFISSIONAL

Precisa de auxílio profissional?

Conte com nossos profissionais.

Bem Vindo(a)! 

Continuamos atendendo com horário marcado.

Deixe seus dados e entraremos em contato: