O que são as microfichas do INSS?

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
O que são as microfichas do INSS?

Conheça, neste post, o que são as microfichas e como elas podem ajudar o segurado nos processos administrativos de aposentadoria.

Esse documento pode ajudar o segurado que faz suas próprias contribuições ao INSS a garantir documentos importantes para aposentadoria.

As microfichas são importantes, pois através desses documentos o segurado conseguirá comprovar seu tempo de contribuição. 

Entenda ponto a ponto o que é e como obter esse documento para sua Aposentadoria.

O que são Microfichas?

Microfichas são comprovantes de recolhimento da contribuição para o INSS feitas por contribuinte individual e empregado doméstico.

Essas fichas começaram a ser arquivadas a partir de setembro de 1973 para o contribuinte individual e para os empregados domésticos, a partir de abril de 1973.

Portanto a microficha é o documento que comprova a contribuição de um segurado para o INSS.

Empregados podem utilizar a microficha?

Os trabalhadores empregados têm seu registro feito através da CTPS – Carteira de Trabalho.

Isso acontece, no caso do trabalhador empregado, pois quem efetua as contribuições ao INSS é a empresa, portanto basta que o segurado apresente a carteira de trabalho como forma de comprovar que exerceu atividades para o empregador e que ele deve ter contribuído para a empresa.

Microficha, para que serve?

A utilidade da microficha é registrar a contribuição do segurado. 

Empregados domésticos e contribuintes individuais, quando contribuem como autônomos, podem não ter todas as suas contribuições registradas no CNIS.

Isso acontece principalmente em períodos muito antigos, por exemplo, entre 1973 e 1984. Nesses casos, quando o segurado não tem o comprovante de pagamento, as microfichas podem ser a única forma de comprovar os recolhimentos.

Como podem ser solicitadas as microfichas?

A solicitação pode ser feita tanto de forma autônoma como no próprio pedido de aposentadoria do INSS. Quando dizemos autônoma, significa que o segurado pode solicitar a qualquer momento, independe do pedido vir acompanhado com o pedido de aposentadoria.

Isso é importante, pois, na maioria dos casos, a solicitação precisa ser feita antes para que o segurado faça o cálculo previdenciário e entre com o pedido de aposentadoria que pode o benefíciar mais.

Para fazer a solicitação é necessário apresentar o nº de CPF e NIT.

Para que as microfichas façam a diferença na sua aposentadoria, é necessário fazer um cálculo previdenciário detalhado. Por isso indicamos que os segurados busquem um Planejamento Previdenciário junto a um Advogado Especialista antes de entrar com a aposentadoria.

Pelo Planejamento o segurado terá a certeza de que está solicitando o benefício da forma correta e garantindo o melhor benefício.

Sobre nós

Fundado em 2009, a Advocacia Rodrigo Moura construiu com sua dedicação uma ótima reputação no âmbito do direito, atendendo os clientes e ajudando em suas necessidades e oferecendo assessoria completa durante o período de processo.

Últimas Postagens

Siga nos

Fale conosco

DEIXE NOS TE AUXILIAR, PREENCHA O FORMULÁRIO ABAIXO E RECEBA AJUDA PROFISSIONAL

Precisa de auxílio profissional?

Conte com nossos profissionais.

Bem Vindo(a)! 

Continuamos atendendo com horário marcado.

Deixe seus dados e entraremos em contato: