Quanto tempo dura o processo previdenciário?

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Quanto tempo dura o processo previdenciário?

Uma dúvida muito recorrente entre os segurados é quanto tempo demora para sair o resultado de um processo. 

Vamos entender um pouco dos tipos de processo e da duração deles.

Processo Administrativo – o que é?

Processo administrativo é aquele que tramita no próprio INSS. 

Portanto, as solicitações que você faz no INSS, os recursos e etc, tudo fica reunido num processo.

Se o seu benefício for concedido, o processo administrativo será o suficiente.

Processo Judicial – o que é?

O processo judicial tramita na justiça. 

O processo judicial é utilizado nos casos em que o INSS não concede os direitos do segurado e outra alternativa não resta além de ingressar judicialmente exigindo a garantia dos direitos do segurado.

No processo judicial quem julga é o Juiz e o INSS será parte nesse processo. O segurado é o autor e o INSS será o réu.

Quanto tempo dura o processo?

Uma informação importante sobre os prazos que mencionaremos tanto para o processo administrativo quanto para o processo judicial é que ambos são estimativas. 

Nossa experiência com esse tipo de processo nos permite observar um padrão de atendimento tanto do INSS quanto da justiça.

No entanto, vale ressaltar que em alguns casos pode ser que esse prazo não seja aplicado pela particularidade de cada situação.

Entendido isso vamos ficar por dentro dos prazos!

Processo Administrativo

O processo administrativo terá duração diferenciada conforme o tipo de solicitação. 

Benefícios como auxílio doença, LOAS, salário maternidade, pensão por morte e etc, tem prazo de duração menor que podem chegar até 60 dias dependendo do caso.

As aposentadorias demoram um pouco mais, demorando cerca de  06  a 09 meses para serem analisadas. Caso esteja tudo certo, elas podem ser concedidas nesse prazo.

Em certas situações, o segurado precisa complementar ou corrigir informações, nesses casos o processo poderá durar mais tempo.

Nos casos em que for necessário recurso administrativo contra a decisão do INSS o processo levará um pouco mais de tempo, cerca de 06 a 18 meses.

Lembramos que ter os documentos corretos e conhecer os seus direitos é essencial para evitar atrasos na concessão do benefício. Para isso o segurado pode fazer o Planejamento Previdenciário e se organizar corretamente para evitar prejuízos.

Processo Judicial

O processo judicial é necessário nos casos em que o INSS não concede o benefício por meio administrativo.

A duração do processo judicial é um pouco maior, mas em certos casos é a única forma de garantia dos seus direitos.

O processo judicial pode durar cerca de 11 meses até 02 anos para que o juiz julgue o processo.

Se o processo exigir recursos esse prazo pode se esticar, ainda, de 7 meses a 6 anos, dependendo da complexidade do caso.

Analisando o seu caso concreto o advogado poderá informar uma estimativa mais precisa, portanto se você busca a aposentadoria, faça o planejamento previdenciário para evitar prejuízos e atrasos além de ficar por dentro de quanto tempo pode durar todo o procedimento para que você possa se preparar melhor.

Sobre nós

Fundado em 2009, a Advocacia Rodrigo Moura construiu com sua dedicação uma ótima reputação no âmbito do direito, atendendo os clientes e ajudando em suas necessidades e oferecendo assessoria completa durante o período de processo.

Últimas Postagens

Siga nos

Fale conosco

DEIXE NOS TE AUXILIAR, PREENCHA O FORMULÁRIO ABAIXO E RECEBA AJUDA PROFISSIONAL

Precisa de auxílio profissional?

Conte com nossos profissionais.

Bem Vindo(a)! 

Continuamos atendendo com horário marcado.

Deixe seus dados e entraremos em contato: