O que é o Salário de Benefício e como é feito este cálculo?

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

O Salário de benefício é a base para praticamente todos os benefícios previdenciários. Conheça essa forma de cálculo antes e após a Reforma da Previdência através deste conteúdo ATUALIZADO em 2020.

Aproveitamos, aqui, para lhe dar uma dica sobre conteúdos desatualizados. Muitos sites, mesmo após a Reforma, estão veiculando informações erradas, portanto busque sempre em uma fonte de informações confiável.

Se você gosta de saber sobre conteúdos previdenciários, nos acompanhe no blog e nas redes sociais para ficar por dentro das novidades, sempre por meio de uma fonte confiável e atualizada.

Pois bem, vamos ao cálculo!

SALÁRIO DE BENEFÍCIO ANTES DA REFORMA

  • Média aritmética simples dos 80% maiores salários de contribuição desde julho de 1994 até o ultimo anterior ao requerimento do benefício. 
  • Para obter o resultado é necessário atualizar o valor dos salários pelo INPC. Após, os salários de contribuição devem ser somados e divididos pela sua quantidade.

SALÁRIO DE BENEFÍCIO APÓS A REFORMA

  • Média aritmética simples de 100% dos salários de contribuição desde julho de 1994, até o ultimo anterior à solicitação. 
  • Os salários devem ser atualizados pelo INPC, somados e divididos pela quantidade.

COMO FAZER ESTE CÁLCULO 

Vamos explicar detalhadamente como funciona este cálculo após a Reforma da Previdência para que os interessados possam fazer por conta própria, vamos ao passo a passo:

  1. Atualização dos Salários de Contribuição 

Para fazer este cálculo você precisará reunir todos os seus salários de contribuição desde Julho de 1994.

É necessário ter especial atenção, devido ao fato de durante a vida de contribuição é muito normal que você tenha salários diferentes.

O Banco Central disponibiliza a calculadora do cidadão para fazer essa atualização.

Basta que você selecione o INPC, insira a data inicial que é a data da contribuição, a data final que é o dia no qual você está fazendo esse cálculo e o valor da contribuição, qual seja o valor que queremos corrigir.

Você deverá fazer isso para cada salário

2. Média Aritmética Simples

Com todos os salários atualizados, você deverá somar todo esse valor.

Depois que você somar tudo, verá que vai dar um número bem extenso. Gurde esse número.

Agora, você precisará avaliar quantas foram as suas contribuições durante a vida. Veja a quantidade de contribuições que foram.

Então, para fazer a média basta que você pegue o valor da soma dos seus salários de contribuição atualizados e divida pela sua quantidade de contribuições.

Pronto, este será o seu salário de benefício.

Lembrando que o salário de benefício é apenas uma base, em cima deste favor deverão ser aplicadas outras regras, conforme cada benefício em específico. 

NÃO ARRISQUE 

Este é um cálculo complexo e que muitas pessoas da área, mesmo com a instrução que passamos, possui muita dificuldade.

Dessa forma, sugerimos que se você não possui completo domínio deste cálculo, e de como obter o valor dessas contribuições, não faça o cálculo e busque um profissional que possa te auxiliar nesse serviço.

Um número a mais ou a menos pode fazer total diferença no valor do benefício.

Gostou deste conteúdo? Acesse o site da Advocacia Rodrigo Moura para saber mais sobre direito previdenciário e conversar com um advogado especializado.Leia também nosso artigo sobre a Regra de Transição dos Pontos na Reforma da Previdência clicando aqui.

Sobre nós

Fundado em 2009, a Advocacia Rodrigo Moura construiu com sua dedicação uma ótima reputação no âmbito do direito, atendendo os clientes e ajudando em suas necessidades e oferecendo assessoria completa durante o período de processo.

Últimas Postagens

Siga nos

Fale conosco

DEIXE NOS TE AUXILIAR, PREENCHA O FORMULÁRIO ABAIXO E RECEBA AJUDA PROFISSIONAL

Precisa de auxílio profissional?

Conte com nossos profissionais.

Bem Vindo(a)! 

Continuamos atendendo com horário marcado.

Deixe seus dados e entraremos em contato: