Auxílio Acidente em 2020 – Conheça as Regras

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
acidente de trabalho

Você conhece o auxílio acidente? Sabe quem tem direito a este benefício?

Continue conosco e conheça todas as regras sobre este importante direito e saiba quem pode recebê-lo. 

Você sabe o que é o Auxílio Acidente?

Este benefício pago pelo INSS funciona como um tipo de indenização e será devido aos segurados sofreram algum tipo de acidente resultou na redução da capacidade para o trabalho.

Essas sequelas que reduziram a força de trabalho do segurado devem ser permanentes.

1. Auxílio Acidente não é uma licença

Como dissemos, este benefício é um tipo de indenização devido ao segurado perder parte da sua capacidade de trabalho. 

Então, este segurado poderá ser readaptado em outra função e continuar trabalhando normalmente. 

Como o benefício é de cunho indenizatório, o segurado o receberá mesmo se estiver trabalhando.

2. Quais segurados têm direito ao benefício?

Os segurados que podem receber este benefício são:

  • Trabalhadores avulsos;
  • Empregados urbanos, rurais e domésticos;
  • Segurados especiais.

Desta forma, não se enquadram nas regras para receber este benefício os segurados que são contribuintes individuais e os contribuintes facultativos.

3. Requisitos para obter o benefício

Além de ser um dos segurados que citamos no tópico acima, existem outros requisitos que devem ser preenchidos para ter direito a este benefício, vejamos:

  • Ter a qualidade de segurado (ou seja, estar contribuindo para o INSS ou, estar dentro do período de graça);
  • Sofrer uma sequela que reduza a capacidade do trabalho devido a um acidente ou doença de qualquer natureza;
  • A redução da capacidade deverá ser parcial e permanente;

Portanto, para que o segurado tenha direito a esse benefício deverá preencher esses requisitos.

4. É necessário cumprir o prazo da carência?

Este benefício não requer o cumprimento de carência, ou seja, a partir do momento em que você se torna um filiado do INSS, desde que cumpra os requisitos que citamos nos tópicos acima, você possui direito ao benefício.

5. É necessária perícia para este benefício?

Sim!  A perícia irá avaliar se a sua sequela realmente é relacionada com o acidente ou a doença e se essa situação ocorreu após a filiação do segurado junto ao INSS.

O nexo causal entre o acidente e a redução da capacidade é comprovada através de um perito do INSS na hora da perícia médica.

6. Valor do benefício

O valor do benefício será de 50% do valor que você teria direito se fosse aposentado por invalidez.

Leva-se em consideração para fazer este cálculo o valor que você receberia no dia em que houve o acidente.

Gostou deste conteúdo? Acesse o site da Advocacia Rodrigo Moura para saber mais sobre direito previdenciário e conversar com um advogado especializado.

Sobre nós

Fundado em 2009, a Advocacia Rodrigo Moura construiu com sua dedicação uma ótima reputação no âmbito do direito, atendendo os clientes e ajudando em suas necessidades e oferecendo assessoria completa durante o período de processo.

Últimas Postagens

Siga nos

Fale conosco

DEIXE NOS TE AUXILIAR, PREENCHA O FORMULÁRIO ABAIXO E RECEBA AJUDA PROFISSIONAL

Precisa de auxílio profissional?

Conte com nossos profissionais.

Bem Vindo(a)! 

Continuamos atendendo com horário marcado.

Deixe seus dados e entraremos em contato: