Perdeu a Carteira de Trabalho (CTPS)? Saiba como proceder.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Se você perdeu a sua carteira de trabalho e não sabe o que fazer, vamos te dar dicas de como recuperar essas informações para que você não saia no prejuízo.

A Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS) é um documentos essenciais na vida do trabalhador. Os seus registros são provas de todo o histórico profissional servindo como comprovação para benefícios diversos, principalmente trabalhistas e previdenciários.

Nós sabemos que por diversos acasos da vida muitos trabalhadores acabam perdendo este documento. Caso isso aconteça não precisa ficar desesperado, continue essa leitura e se informe sobre como recuperar seus registros que estavam na Carteira de Trabalho.

Dê conhecimento às autoridades

A carteira de trabalho é um documento muito importante com informações muito valiosas sobre você. Quando este tipo de documento some o primeiro passo é comunicar às autoridades. 

Aliás, esse passo deve ser feito para perda de qualquer documento, cartão de crédito etc.

A comunicação é feita através do boletim de ocorrência. O B.O hoje em dia pode ser feito de forma bem prática através da Delegacia Eletrônica.

Solicite uma nova Carteira de Trabalho

O próximo passo é solicitar que seja emitida uma nova Carteira de Trabalho.

A solicitação pode ser feita na Superintendência Regional do Trabalho e Emprego, ou qualquer outra instituição habilitada que atenda na sua cidade.

Recuperando os Registros antigos 

Para recuperar os dados da sua carteira antiga, ao solicitar a 2ª via da sua carteira de trabalho informe a situação e leve consigo os seguintes documentos:

  1. RG e CPF;
  2. Comprovante de residência;
  3. Comprovantes de trabalhos anteriores, como:
    1. Extrato do FGTS original;
    2. Homologação dos antigos empregos;
    3. Comprovantes de seguro desemprego.
  4. Extrato Cadastro Nacional de Informações Sociais (CNIS)

Se você não tiver esses documentos, poderá entrar em contato com as empresas no qual já trabalhou e solicitar o repasse das informações para requerimento da nova carteira.

A empresa poderá fazer uma declaração que valerá como prova dos períodos que você já trabalhou e assim será possível refazer a suas anotações trabalhistas.

Ao fazer a declaração, a empresa precisa se atentar para informações essenciais que devem constar no documento, como:

  1. Nome do trabalhador;
  2. CPF e RG;
  3. Número do PIS;
  4. Número da antiga carteira;
  5. Período no qual o empregado trabalhou na empresa;
  6. Valor do último salário. 

Vale mencionar que a empresa deve auxiliar o ex-empregado nessa missão e caso não haja colaboração é possível ingressar com um processo judicial para que seja dada esta ordem à empresa.

Caso este passando por essa situação, busque um advogado de sua confiança.

Em quanto tempo minha CTPS fica pronta?

A elaboração do registro é simples, pode ser feito no mesmo dia caso seja digital ou em até 10 dias em outros casos. O que leva tempo é obter a documentação.

Se você precisa de ajuda busque um advogado para lhe auxiliar nos casos mais complexos.

Não espere muito tempo para tomar as providências e solicite sua nova carteira, seus direitos trabalhistas e previdenciários podem depender dela.

Gostou deste conteúdo? Acesse o site da Advocacia Rodrigo Moura para saber mais sobre direito previdenciário e conversar com um advogado especializado.

Sobre nós

Fundado em 2009, a Advocacia Rodrigo Moura construiu com sua dedicação uma ótima reputação no âmbito do direito, atendendo os clientes e ajudando em suas necessidades e oferecendo assessoria completa durante o período de processo.

Últimas Postagens

Siga nos

Fale conosco

DEIXE NOS TE AUXILIAR, PREENCHA O FORMULÁRIO ABAIXO E RECEBA AJUDA PROFISSIONAL

Precisa de auxílio profissional?

Conte com nossos profissionais.

Bem Vindo(a)! 

Continuamos atendendo com horário marcado.

Deixe seus dados e entraremos em contato: