Aposentadoria pelo Teto do INSS ainda é possível?

Aposentadoria pelo Teto do INSS

Se aposentar pelo teto do INSS é sonho ou realidade? Vamos mostrar qual é o teto para recebimento dos benefícios e informar quando é possível receber uma aposentadoria pelo teto.

Se você tem dúvidas sobre este tema, continue a leitura deste artigo conosco.

O que é o teto do INSS?

O teto é um limite estipulado pelo INSS para pagamento do benefício de aposentadoria. Ou seja, além do segurado sofrer as reduções impostas para o cálculo do benefício de aposentadoria, ainda sim, ele esbarrará no teto do INSS.

Por isso, não adianta o segurado pagar mais, pois ele não receberá mais do que o teto previsto.

De quanto é o teto do INSS hoje?

Hoje o teto do INSS paga R$ 6.101,06, mas todo o ano este valor passa por um reajuste e o valor reajustado previsto para o ano de 2021 é de R$ 6.351,20.

Se aposentar pelo teto ainda é possível?

A reforma dificultou muito a aposentadoria pelo teto, pois não só as regras para o cálculo do salário de benefício mudaram, mas as regras da Renda Mensal Inicial.

Mas ainda existem algumas formas de tentar obter este valor na aposentadoria e vamos te mostrar quais são.

Os empregados, empregados domésticos e trabalhadores avulsos que recebem um valor de salário igual ou acima do teto do INSS, não é necessário nenhuma ação, pois a sua contribuição é uma porcentagem fixa feita pelo seu próprio empregador.

Portanto, como a empresa faz a sua contribuição e o valor é calculado com base na sua remuneração, não sua aposentadoria já será calculada com base no máximo permitido. 

Vale lembrar que por variação de índice dentre outros fatores a sua aposentadoria nunca será de valor idêntico ao teto, podendo ser, no máximo, um valor aproximado.

Para quem recebe abaixo do teto do INSS fica mais difícil receber o valor de aposentadoria pelo teto.

Uma opção para quem quer complementar esse valor de aposentadoria é contribuir para uma previdência privada. 

Outra opção é fazer a “complementação” de contribuição como contribuinte individual ou MEI, já que a sua contribuição como empregado não permite que você faça uma contribuição maior, pois ela é repassada pela empresa com base no seu salário.

Já o Contribuinte individual, MEI ou segurado facultativo, podem contribuir pelo teto com mais facilidade. Será necessário apenas que o segurado sempre contribua com 20% sobre o valor do teto do respectivo ano.

Para identificar, na prática, qual é a melhor forma de aumentar sua contribuição para receber uma aposentadoria melhor, busque o apoio de um advogado previdenciário.

Gostou deste conteúdo? Acesse o site da Advocacia Rodrigo Moura para saber mais sobre direito previdenciário e conversar com um advogado especializado.

Sobre nós

Fundado em 2009, a Advocacia Rodrigo Moura construiu com sua dedicação uma ótima reputação no âmbito do direito, atendendo os clientes e ajudando em suas necessidades e oferecendo assessoria completa durante o período de processo.

Últimas Postagens

Siga nos

Fale conosco

DEIXE NOS TE AUXILIAR, PREENCHA O FORMULÁRIO ABAIXO E RECEBA AJUDA PROFISSIONAL

Precisa de auxílio profissional?

Conte com nossos profissionais.